DEPOIMENTO

O depoimento de uma professora completa essa discussão:


“A minha prática como professora de História na rede estadual de ensino de Minas Gerais sofreu profundas alterações a partir do momento em que participei de grupos de estudos, seminários envolvendo aspectos relacionados à linguagem, bem como de projetos desenvolvidos pela própria Secretaria, como o projeto Pró-Leitura, quando aprofundei meus conhecimentos sobre os diferentes gêneros textuais, sua função social e a possibilidade de utilizá-los junto aos alunos, no desenvolvimento de habilidades específicas de leitura e produção de textos. Passei a ter um outro olhar para o trabalho com textos e a riqueza que ele traria na formação dos alunos. Assim, passei, em minhas aulas, a utilizar, com freqüência, o jornal com toda a diversidade de textos que ele oferece, a trabalhar diferentemente documentos históricos, mapas, poemas e o próprio texto informativo do livro didático. Percebi-me alterando, para melhor, minha prática. Percebi o quanto cresci profissionalmente, a cada aula em que realizava novas atividades”.

Rosângela Dias Lanza – Professora de História – Belo Horizonte

 

Página anterior